Depois de várias denúncias a Polícia Militar conduziu um suspeito de práticas de atos libidinosos com várias vítimas no Povoado Lagoa Grande, Município de Sussuapara. Segundo as vítimas Gilvan da Silva, de 43 anos,residente  no Povoado Lagoa Grande, se escondia no mato para a prática desse crime nas passagens molhadas que dão acesso a Lagoa Grande, Lagoa Comprida e Ponta D’água. Usando de  violência ele  tentava tocar as partes íntimas das vítimas que fizeram o termo de reconhecimento na Central de Flagrante.

 

Responder