O hospital regional Justino Luz, em Picos, está sob nova direção. Tomou posse na manhã desta segunda-feira (10), a médica otorrinolaringologista, Patrícia Santos, que já integrou a comissão bipartite da secretária de Saúde do Estado. A solenidade de posse aconteceu nas dependências do hospital.

Patrícia Santos, nova diretora do Hospital Regional Justino Luz – Foto: Wesley Monteiro

A posse contou com a presença do Deputado Estadual licenciado, Pablo Santos (PMDB), Presidente da Fundação Hospitalar do Estado, Prefeito Municipal de Picos, Padre Walmir Lima (PT), Presidente do Conselho Municipal de Saúde de Picos, Júlio Araújo, represante do conselho regional de medicina de Picos, José Vigílio Bezerra, ex-diretor do hospital regional de Justino Luz, Valério Azevedo, além de vários prefeitos e lideranças politicas da macrorregião.

A nova diretora, Patrícia Santos, ressalta o desafio que tem pela frente. “É um grande desafio, assumir a direção do Hospital Regional Justino Luz, um hospital que é muito importante para a cidade de Picos e toda região, são 40 anos de existência. Nossa primeira meta é abrir a UTI de Picos, nós queremos o mais rápido possível que ela esteja funcionando”, afirma Patrícia.

A médica Patrícia concorreu ao cargo com mais dois médicos da cidade, mas por indicação do Governador, Wellington Dias (PT) acabou ganhador a diretoria. Patrícia já tem experiência em Gestão Municipal de Saúde, presidiu o Conselho de Secretários Municipais de Saúde, presidiu a Diretoria de Controle e Avaliação e Regulação do Estado.

“Nossa medida mais emergencial, é abrir a UTI, esse é o primeiro ponto chave da nossa gestão, para não ficar transferindo os pacientes, mas ter uma resolutividade, porque aqui em picos temos médicos, enfermeiros e fisioterapeutas que tem condições de prestar uma saúde de mais qualidade para a população”, diz a nova diretora. 

Previsão da inauguração da UTI de Picos

Segundo o Deputado Estadual, Pablo Santos (PMDB), Presidente da Fundação Hospitalar do Estado,um dos problemas que impede o funcionamento é a energia. “Eu já fiz um levantamento com a Dra. Patrícia, um dos problemas da UTI não é a estrutura física, é justamente a parte de energia. Então, nós vamos até o Governador do Estado solicitar que ele resolva logo esse problema. Tem que ser feito uma mini subestação”, ressalta.

Deputado Estadual Pablo Santos (PMDB) – Foto: Wesley Monteiro

 

Responder