Após os dois assaltos a veículos que transportavam dinheiro na segunda feira (19), outra ocorrência semelhante poderia ter acontecido na tarde desta terça-feira (20). Um carro-forte teve que parar no Grupamento de Polícia Militar (GPM) de Cabeceiras do Piauí, após ser seguido por uma Frontier roubada de placa PIK 8675, de Teresina.

O veículo ficou cerca de 1 hora no município aguardando que policiais de Barras e Campo Maior o escoltassem até José de Freitas. Os funcionários da empresa Proseguir estavam temendo que o carro fosse assaltado da forma que ocorreu com os outros dois na segunda-feira.

De acordo com o Sargento Luís Carlos, de Cabeceiras do Piauí, os três ocupantes do carro-forte começaram a desconfiar do comportamento do motorista da Frontier que ora ficava para trás, ora passava adiante, diminuía a velocidade quando o carro-forte reduzia.

“Ao passar por Cabeceiras o motorista avistou uma viatura da polícia e informou o que estava acontecendo. Verificamos que a Frontier era roubada e determinamos que o carro ficasse aqui parado até a chegada de reforços que escoltassem o carro”, explicou o Sargento.

O militar disse ainda acreditar que, se forem mesmo assaltantes como se supõe por andarem em um carro roubado, os ocupantes da Frontier estão aguardando o carro-forte em algum ponto da PI 113, estrada que liga Barras a Teresina, para realizarem a ação criminosa.

fonte;longah.com

Responder