Aconteceu na manhã desta  quinta-feira (22), no plenário Vereador Carlito Benvindo de Sousa, na Câmara Municipal de Queimada Nova – PI, a IX Conferência Municipal de Assistência Social.

A solenidade de abertura contou com a participação da secretária municipal de Assistência Social, Elidiane Macêdo, da assistente social Maria Goretti Teixeira Alves, presidente da Câmara, Maria Joseane Ramos da Mata, secretária de saúde, Maria Nazaré Coêlho Carvalho, secretária de Educação, Edileusa Amorim e a senhora Luiza Ribeiro representando os usuários da Política de Assistência Social.

Após a abertura, integrantes do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos apresentaram uma paródia intitulada “Viva a Assistência Social  na melodia da música Asa Branca de Luis Gonzaga.

A Conferência contou com a participação de 76 pessoas, dentre usuários da Política, Trabalhadores do SUAS, representantes de Entidades Sócio assistenciais e representantes dos órgão Governamentais. Seu principal objetivo foi analisar, propor e deliberar com base na avaliação local, as diretrizes para a gestão e financiamento do Sistema Único de Assistência Social, reconhecendo a co-responsabilidade de cada ente federado.

O conferencista – Jornalista Edvan Luiz da Silva da empresa Impacto – Consultoria e assessoria abordou o tema central “Garantia de Direitos no Fortalecimento do Sistema Único de Assistência Social – SUAS”, enfatizando que “Direito adquirido é direito garantido.”

No turno da tarde, os eixos debatidos durante os trabalhos em grupos foram:

I – Eixo 1: A Proteção social não-contributiva e o princípio da equidade como paradigma para a gestão dos direitos socio assistenciais;

II – Eixo 2: Gestão Democrática e Controle Social: o lugar da sociedade civil no suas;

III – Eixo 3: Acesso às seguranças socio assistenciais e a articulação entre serviços, benefícios e transferência de renda como garantias de direitos socio assistenciais;

IV- Eixo 4: A legislação como instrumento para uma gestão de compromissos e corresponsabilidades dos entes federativos para a garantia dos direitos socioassistenciais.

No encontro, que durou das 08h00min às 13h00min, foram discutidos assuntos sobre o tema, definidas propostas e eleitos delegados para a etapa estadual da Conferência.

Delegados eleitos:

· Joseane Carmelita da Silva (titular), seguimento governamental;

· Ivete Maria Coelho (suplente), segmento governamental;

· Francisco Ramos de Sousa (titular), Igreja católica;

· Elizete dos Santos (suplente), remanescente Quilombola Pitombeira.

ASCOM

IMPACTO – CONSULTORIA E ASSESSRIA

Responder