O governador Wellington Dias (PT) está acompanhando de Brasília-DF, as informações sobre o risco de rompimento da Barragem do Bezerro, no município de José de Freitas-PI, a 48 km ao Norte de Teresina. Da capital federal, o petista disse que todas as providências estão sendo tomadas para evitar o vazamento de água do reservatório. O Piauí já entrou em contato com o Governo do Ceará para que seja cedido um helicóptero que será usado para remover famílias que por ventura fiquem isoladas.

“As informações são de que a gente tem a condição de garantir uma operação integrada e, com isso, solicitei para somar ao helicóptero que o Estado tem, um helicóptero cedido pelo Governo do Ceará, considerando que há algumas comunidades isoladas que precisavam ser retiradas”, afirmou.

Barragem do Bezerro, em José de Freitas-PI.

Wellington Dias afirmou que tomou conhecimento do fato na barragem às 6h de domingo e que de imediato acionou as equipes do governo. “No domingo 6h da manhã eu tomei conhecimento sobre o risco que tinha de um vazamento  na Barragem do Bezerro, em José de Freitas. Imediatamente adotei providências em parceria com o prefeito Roger Linhares, a partir do deslocamento de uma equipe do Idepi, Corpo de Bombeiros, Defesa Civil e das áreas relacionadas a área social.

“A nossa vice-governadora passou a acompanhar. Pedimos o apoio do Exército e órgãos federais para garantir o diagnóstico e rapidamente medidas”, declarou Dias, que deu detalhes sobre os primeiros trabalhos feitos no local.

“Criamos um grupo de trabalho e desde domingo as pessoas estão atuando para a proteção da barragem. No primeiro momento a ideia foi fazer uma escavação que pudesse baixar o nível da água. Choveu bastante. Imediatamente adotei uma medida que foi de fazer um decreto emergencial e autorizar que as pessoas que estavam em área de risco, segundo a coordenação, pudessem ser retiradas. Tivemos um caso grave que foi na barragem de Cocal e, a partir daí, garantir medidas para uma solução. Temos que fazer o esvaziamento dessa parte relacionada à barragem para poder dar condições de trabalhar na região do vazamento na parede”, detalhou.

Segundo Wellington Dias, o governo está trabalhando em conjunto com os municípios de Joca Marques, Luzilândia e Cabeceiras. “Fizemos um alerta em relação ao município de Barras. Em Teresina estamos acompanhando o Rio Parnaíba”, disse.

A situação, de acordo com o governador, requer cuidados já que a previsão é de mais chuva na região de José de Freitas. “É uma situação que exige todos os cuidados. Ainda continua chovendo nesta região. Há previsões de chuvas para esta terça-feira, portanto, há necessidade de seguirmos acompanhando todas as equipes. A minha gratidão a todas as pessoas que estão atuando na área. Colocamos abrigo à disposição da comunidade e vamos seguir colocando todo o apoio”, finalizou.

A estrada de acesso à barragem foi interditada na manhã de domingo (8). As comportas foram abertas devido ao alerta de risco de rompimento da parede.

 

font:Portal Cidade Verde.

Responder