O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) liberou nesta segunda-feira as consultas às vistas pedagógicas das redações do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2017, também conhecidas como espelho de correção. Para visualizar o material, é preciso acessar o site da instituição e informar o CPF e a senha cadastrada no momento da inscrição.

Os resultados da prova haviam sido divulgados em 18 de janeiro. Já a versão digitalizada da redação é disponibilizada para que o participante possa saber como se saiu em cada uma das cinco competências avaliadas no texto. As pessoas podem, ainda, comparar seu desempenho com o dos demais candidatos.

Por determinação do Supremo Tribunal Federal, não foi atribuída nota zero às redações que violaram os Direitos Humanos, conforme previa o Edital do Enem 2017. Segundo a presidente do Inep, entidade que organiza a avaliação, Maria Inês Fini, foram identificadas 205 redações que se enquadraram nesse critério.

Treineiros
O site disponibilizou também as notas dos treineiros, participantes que não tinham terminado o Ensino Médio em 2017 e eram menores de 18 anos quando foram aplicadas as provas. Esses resultados são tradicionalmente divulgados 60 dias depois das notas dos participantes regulares. Dos 6.731.203 inscritos para o Enem 2017, 8,9% eram treineiros.

O Enem 2018 será aplicado nos dias 4 e 11 de novembro. As inscrições serão feitas de 7 a 18 de maio.

Fonte: Veja

Responder