O gerente regional do INSS, Ney Ferraz, falou durante entrevista como funciona a ferramenta do INSS Digital, que promete, em pouco tempo, acabar com as filas e analisar benefícios em minutos.

O Piauí é o terceiro estado a implantar a novidade.  A ferramenta está disponível desde o segundo dia útil do ano e, segundo Ney, representa a desburocratização do sistema.

“Há 10 anos, as pessoas dormiam nas filas do INSS para tentar serem atendidas no outro dia. Mesmo hoje, com agendamento prévio, temos um déficit. Em algumas cidades, as pessoas só têm seus benefícios analisados cinco ou seis meses depois de darem entrada. Com o INSS Digital, essa análise pode ser feita em minutos e o objetivo é que demore, no máximo, cinco dias”, esclarece.

O gerente citou o caso de uma pessoa que deu entrada no município de Bom Jesus, a 640 quilômetros de Teresina, e teve seu benefício analisado em 15 minutos.

“O segurado deu entrada digitalmente, enviou seus documentos pelo site Meu INSS , que é uma plataforma extremamente didática, auto-explicativa, desenvolvida para os segurados, e em 15 minutos após o protocolo, o caso foi analisado e a pessoa virou pensionista”, completou.

fonte ;cidadeverde

Responder