Continua o incêndio mais mortal da história de Portugal. Já fazem quatro dias e os bombeiros ainda não conseguiram controlar o fogo. Em declaraçōes a imprensa, Jaime Marta Soares, presidente da Liga dos Bombeiros lusos e dirigente do sindicato da categoria ,afirma que o incêndio de Pedrógão Grande, que já fez 64 vítimas fatais , “foi provocado e sua origem foi um ato criminoso”.

Por Patricia Cassemiro

Responder