Uma jornalista sueca viajou para fazer uma entrevista com o inventor dinamarquês Peter Madsen em seu submarino de fabricação caseira, segundo ele, a jornalista morreu num acidente dentro da embarcação e seu cadáver foi jogado ao mar por ele próprio . Foi o que revelou nesta segunda-feira a polícia dinamarquesa, após a retirada parcial do segredo de Justiça pelo tribunal de primeira instância que decretou a prisão preventiva de Madsen, suspeito de homicídio culposo (sem intenção de matar), a pedido dos promotores e da defesa. Peter Madsen está preso. Suécia e Dinamarca continuam procurando o corpo da jornalista.

 

Foto da jornalista no submarino

Por Patricia Cassemiro

Responder