Assim está sendo definida uma mina de água doce que foi redescoberta no município de Marcolândia. A propriedade onde fica a Mina é na localidade  DESERTO bem no “pé da serra” próximo a cidade de Marcolândia.

“A Mina tem importância histórica pra Marcolândia porque durante muito tempo serviu pra matar a sede do povo daqui, numa época em que não existiam poços tubulares, nem barragens. Na época, a cidade de Marcolândia ainda não existia, mas esse oásis abastecia as localidades que hoje correspondem a cidade e parte do município.” Afirma o historiador e vereador de Marcolândia, Chagas Ramos. “A Mina é histórica também por ter secado há mais de um século e depois de todo esse tempo, agora dá sinal de vida.” continua Chagas .

vereador e historiador Chagas Ramos

A água sai de uma única pedra e foi redescoberta por dois caçadores que passavam pelo local . ” Dois caçadores que estavam passando por aqui simplesmente tiveram a ideia de desentupir as veias d’agua só por curiosidade e para a surpresa de todos, já começou a minar”. diz Chagas.

Daniel Rocinha e Valderez foram as duas pessoas (os caçadores) que tiveram essa ideia. Numa região onde há escassez de água , a mina está chamando a atenção de todos , dos mais jovens até os moradores mais antigos .

Daniel Rocinha
Valderez

Verdadeiras excursões estão sendo organizadas aos sábados para o local . De acordo com Chagas ,”o sentido de tudo isso hoje, está mais para um resgate histórico e cultural . Vamos devolver pra natureza o que é dela.”

Vereador Chagas Ramos

Porém estudos serão feitos no local e já existe até projeto para a construção de uma barragem. Segundo relatos históricos , a propriedade pertencia a índios que habitavam nessa região do Piauí. O primeiro homem branco a possuí-la, chamava-se Miguel Jeremias.  O local é até hoje uma propriedade particular e o atual dono, o Senhor Bié, como é conhecido na região, diz que não se incomoda com as recentes visitas .

Por Edilene Ramos

 

Responder