No município de Simplício Mendes, cresce a produção e exportação de mel orgânico. Esse produto, traz em seus componentes as vitaminas do complexo B, que tendem a aumentar o potencial de fixação de cálcio no corpo. Possui também, sais minerais, propriedades antibióticas e anti-inflamatórias. Esse é um dos produtos que estão sendo apresentados na 14ª edição da Bio Brazil Fair | Biofach América Latina – Feira Internacional de Produtos Orgânicos e Agroecologia, pela Cooperativa Mista dos Apicultores da Microrregião de Simplício Mendes (Comapi), com a contribuição da Secretaria Especial de Agricultura Familiar e do Desenvolvimento Agrário (Sead). A feira que teve início dia 06 vai até 09 de junho no Pavilhão de Exposições do Anhembi, em São Paulo.

A Comapi tem como foco principal de produção o mel de abelhas e anualmente produz entre 400 e 800 toneladas de mel. Além da sua atuação no território brasileiro, em 2002, passou a atuar no mercado internacional exportando mel para países europeus e para os Estados Unidos.

Para o futuro, a cooperativa tem a pretensão de expandir o mercado, como trabalhar com frutas da caatinga e a cadeia produtiva do caprino. Um dos objetivos a serem alcançados é dar apoio para aqueles que estão mais vulneráveis e sem condições dignas de sobrevivência, focando também nas questões de inclusão social das mulheres e dos jovens.

História

Tudo começou com um padre alemão chamado Geraldo Gereon, que veio para o Brasil em 1960, e no final da década de 1980, decidiu iniciar junto aos produtores da região a criação racional de abelhas. A ideia inicial era apenas melhorar a situação nutricional das famílias envolvidas nos projetos.

A ação obteve destaque em 1994. Foi criada uma associação para integrar os produtores e facilitar a comercialização do mel produzido. A associação se organizou, e em 1996, começou a comercializar mel no Brasil, em vários estados como Pernambuco, Rio de Janeiro, São Paulo, Tocantins e Piauí. Em 2002 passou a atuar no mercado internacional vendendo mel para o território europeu e americano.

Alguns obstáculos surgiram para a comercialização em nome da associação. Com isso, em 2007, foi criada a Comapi, a associação dos apicultores reunia 1.000 produtores distribuídos em 10 municípios diferentes e organizados em 32 comunidades. A Comapi hoje conta com 60 produtores e trabalha para a legalização de mais 500 novos cooperados.

Ida à Bio Brazil Fair

Participando da 9ª edição da feira, a cooperativa está com grandes expectativas para a 14ª edição da Bio Brazil Fair 2018, levando mel em diversas bisnagas e potes para apresentação e para a comercialização no evento.

O gerente da Comapi, Paulo José da Silva, 37 anos, que também é apicultor e filho de produtor, revela suas expectativas para a Bio Brazil Fair. “A cada edição da feira as expectativas são as melhores, temos adquirido clientes em função da nossa visita e apresentação no evento. As expectativas para esse ano é a ampliação da nossa relação com as empresas e parcerias e principalmente, com as redes locais do estado de São Paulo. ”

A diferença que a cooperativa obtém a cada participação na maior feira de orgânicos da América Latina é evidente segundo o gerente da Comapi. “Houve uma melhoria na venda dos produtos do mercado interno, ocorreu o aperfeiçoamento da imagem da empresa em relação ao mercado e o avanço no relacionamento com os clientes. ”

Paulo ressalta a importância da participação da cooperativa na feira. “Esse evento nos coloca em relação direta com o mercado que cresce anualmente. O mercado de produtos orgânicos é um painel muito importante para nossa organização. Podemos fortalecer os laços com outros produtores, trocar ideias e discutir sobre as políticas de incentivo a esse mercado, além de discutir a relação de custo de nossos produtos em conexão ao convencional e abrir as portas para os novos compradores”, conclui.

Bio Brazil Fair

A Bio Brazil Fair| Biofach América Latina é hoje a plataforma oficial do mercado de produtos orgânicos na América Latina. Reúne desde empresas líderes de mercado até pequenos produtores. A Secretaria Especial de Agricultura Familiar e do Desenvolvimento Agrário (Sead) apoia 10 empreendimentos selecionados por meio de chamada pública que participam do estande coletivo da pasta.

Cada empreendimento tem um espaço preparado para expor, negociar e vender os produtos, além de um catálogo de apresentação comercial e acompanhamento técnico para abertura de novos mercados. Todos os empreendimentos atenderam aos critérios de possuir a Declaração de Aptidão ao Pronaf (DAP) jurídica e produtos com certificação orgânica reconhecida pela legislação. “A Bio Brazil Fair| Biofach América Latina é uma ótima oportunidade de comercialização para os agricultores familiares. O evento funciona como vitrine para alavancar as vendas do setor, além de fortalecer e reconhecer a agricultura familiar”, afirma o secretário especial da Sead, Jefferson Coriteac.

Os outros participantes brasileiros que estão no estande são: Coopernatural, Coopeg, Coopfam, Coopavam, Cootap, Weber Haus, Fazenda Bacuri, Agro Verde, Cooperacre.

Fonte: www.mda.gov.br/sitemda/

Responder