O coordenador da Bancada do Piauí no Congresso Nacional, deputado federal Átila Lira (PSB), anunciou que o governo Temer liberou mais recursos para o Piauí. Foi liberado o total de R$ 52.787.242 em emendas destinadas a área da saúde.

Os recursos tem como objetivo fortalecer a área da saúde no Piauí e em Teresina. Dentre os membros da bancada piauiense com emendas beneficiadas estão Iracema Portella (PP), Marcelo Castro (PMDB), Júlio Cesar (PSD), Ciro Nogueira (PP) e Assis Carvalho (PT).

Das 5 emendas, 2 são de custeio para ações e serviços de saúde: Apoio à Manutenção de Unidades de Saúde – No Estado do Piauí, da deputada Iracema Portella (PP) e Apoio à Manutenção de Unidades de Saúde – No Município de Teresina – PI, do deputado Marcelo Castro (PMDB). As demais emendas são específicas e podem beneficiar qualquer município do Piauí: Estruturação da Rede de Serviços de Atenção Básica de Saúde – Reforma e Aparelhamento de Unidades de Saúde – No Estado do Piauí, do deputado Júlio Cesar (PSD); Estruturação de Unidades de Atenção Especializada em Saúde – Hospital Geral Dr. Antônio Pedreira de A. Martins (Hospital Buenos Aires) – Teresina – PI, do senador Ciro Nogueira (PP) e Estruturação de Unidades de Atenção Especializada em Saúde – Complexo Hospitalar Materno Infantil – Teresina – PI, do deputado Assis Carvalho (PT).

Para o deputado Átila Lira, essa é uma demonstração de que não existe discriminação do governo federal em relação aos deputados do Piauí. “A bancada do Piauí, os deputados federais e os senadores estão unidos na definição das prioridades do Piauí. O custeio da saúde, por exemplo, é hoje o maior problema dos municípios e dos Estados e por isso foi definido a destinação de parte das emendas para suprir essa necessidade”, comenta.

O deputado Átila Lira finaliza com uma mensagem de esperança para o ano de 2018. “Vamos começar o ano de 2018 com mais recursos liberados para uma área importante, como é a saúde. Seguimos o nosso trabalho com a esperança renovada e com muitos projetos em mente em busca de um futuro melhor para o Piauí e para todo o nosso povo”, finaliza.

Fonte: Ascom

 

Responder