O ex chaceler alemão Helmut Kohl, um grande estadista da história contemporânea europeia e pai da reunificação do seu país, morreu nesta sexta-feira, aos 87 anos depois de sofrer durante muito tempo.
Nos últimos anos Kohl quase não aparecia em público. Viveu seus últimos anos em uma cadeira de rodas, depois de ter sofrido um acidente doméstico em 2008.

Por Patricia Cassemiro

Responder