Esta semana a coluna Com o pé na estrada abre mais que um espaço para viajarmos juntos. Abrimos o mundo com suas maravilhas e queremos estar com vocês na hora de suas viagens.Para isso, primeiro tenho que contar uma história. Quando criança, todos brincavam de bonecas, eu sempre brinquei de viajar ! colocava cadeiras em filas, aeromoças, bagagens… e a imaginação que olhando da minha janela poderia ver desde a torre Eifel até a muralha da China, a neve e sua aurora boreal , uma esfinge sentada no deserto mais caloroso.
Nunca pensei em trabalhar como aeromoça, piloto, nada disso, eu queria apenas viajar ! ser a passageira com tudo ao meu dispor . Na adolescência fui mochileira. Viajei com pouco mais de vinte anos sozinha para a Europa apenas com um inglês básico, mas com uma vontade imensa de conhecer o mundo ! E a vida dar voltas, e nestas voltas gosto de ver melhor,conferir de perto, o que sempre sonhei conhecer. Falta tanto, tanto ainda para eu ver, mas para mim sonho não é apenas para ser sonhado e sim para ser realizado! Por isso continuo mundo afora nas minhas andanças!  E viajar, com luxo, sem luxo, pra mim sempre vale a pena !!
E lembro, mesmo num hotel sete estrelas ou numa excussão preparada, é muito bom dizer obrigada no idioma local, saber a etiqueta de cada lugar, o que deve e o que não deve fazer ou dizer, afinal, dinheiro não compra simpatia. E penso também que a falta dele, não é motivo para você deixar de chegar no ponto mais alto dos seus sonhos de viajante.
Depois que você poe o pé na estrada, o importante é compartilhar mais e mais informações, a internet dispõe de tudo, mas nem sempre você tem como saber se quem tecla do outro lado, é uma pessoa confiável, pode ser alguém com valores totalmente inversos aos  seus, ou simplesmente, alguém que goste de coisas bem diferentes das suas opções e preferências. Um exemplo? uma coisa é uma brasileira, sair pra conhecer os sete mares, os continentes e outra é oferecer a uma japonesa esse mesmo roteiro ! Garanto, ela não vai apreciar como nós. Certamente  nós queremos provar a comida mais deliciosa, saber onde podemos comprar nossas marcas e ver os pontos mais importantes. Dar uma parada especial para ver o por do sol, ou curtir uma noite muito divertida. Brasileiro, pelo nosso ritmo único, gosta de música, de  balada, de animação. Nos dispomos até a ensaiar uns passos dos tambores do Pacífico ou de um regaton latino.
Como é saboroso ver, tocar e sentir o frio da neve, o bom serviço de champagne a beira do mar ! Não fique parada, viajar é o melhor investimento, a melhor forma de aprender e de saborear a vida e para os casais digo, uma maneira de manter a vida a dois em lua de mel!
Nos escrevam e vamos compartilhando as dúvidas. O que levo de roupa para Alemanha em Setembro? O que vou encontrar em Nova York ? E a moeda quanto troco e onde é melhor ? Na Croácia uso euro ou tenho que levar outra moeda ? Você pode estar pensando. Ah.. besteira ! posso levar meu cartão e pagar tudo. Pois pasmem ! Em cidades como Berlim, você pode encontrar dezenas de bares que não  aceitam cartão. Em outras não é confiável usar seu cartão para pagar as contas, como na Tailândia… Ah! Vamos de táxi, o motorista nos levará. Cuidado ! Eles te enganam e te deixam as vezes em locais ermos, que para sair é necessário chamar outros serviços de táxis mais caros, que poderiam comprometer toda a sua viagem. Lembrem também que desfrutar ao máximo das viagens, muitas vezes não é fácil como pensamos. Se quiser ver uma boa partida de NBA quando for aos EUA, é melhor comprar as entradas antecipadas, sob o risco de não conseguir na hora, e vale a pena, eu nem sou muito fã de basquete, mas juro que você ver um ótimo espetáculo. Música, público, cervejas, hotdogs ou pipocas, é tudo muito divertido. Quanto aos preços e lugares, vai depender da data de compra. Em Barcelona se quiser ver a Sagrada Família, não é só chegar e comprar o bilhete na hora. Mesmo que queira perder um dia todo na fila, só são vendidos pela manhã. Portanto as informações antecipadas são sempre bem vindas. O Piauí Online através desta coluna quer lhe ajudar. Somamos a experiência em viagens com a experiência de jornalistas, e assim, tentaremos passar mais informações sobre os lugares onde você pretenda chegar, visitar, passar suas férias.
  Na hora do imprevisto temos que saber como agir. Mesmo com o controle das fronteiras, os perigos  existem para todos. Nos escrevam e responderemos com matérias exclusivas tirando as suas dúvidas sobre  seu roteiro… e se quiserem também enviem fotos de suas viagens, um conselho ou ate um problema que por ventura tenham encontrado no percurso e que possam compartilhar aqui com nossos leitores. Queremos viajar com vocês, PIAUÍ ONLINE E VOCÊ pelo mundo…os comentários de vocês podem ser identificados ou não, fica a critério de cada um, de uma forma ou de outra sua informação e seu roteiro estará aqui ! E Pé na estrada! Compartilhei neste texto, fotos de lugares por onde andei e aprendi com meus erros. Porém, tive mais acertos, pois na bagagem sempre levei e levo, mais que um guia, levo comigo uma pesquisa antecipada de onde posso correr perigos ou cometer gafes…
Ah e não reparem ! Uma mania ? Eu adoro imãs,  a cada lugar que vou e vejo um interessante compro . De muitos lugares não comprei, mas nos últimos 10 anos tenho feito isso. Essa coleção me  transporta a momentos felizes que vivi ! Um grande abraço !!

Patrícia Cassemiro

e-mail para contato : redacaopionline@hotmail.com

Responder