Após o assalto da agência bancária do Banco do Brasil, na cidade de Inhuma, uma operação que envolve policiais do BOPE de Teresina e da Força Tática de Valença e de Picos realizam diligências na região para identificar os assaltantes envolvidos no crime.

Na manhã desta quarta-feira (21), um veículo supostamente utilizado pelos criminosos, Fiat Uno, de cor branca e placa PIB- 5447, de Teresina, foi localizado numa estrada vicinal próximo ao Povoado Forte, distante 5 km do centro urbano de Inhuma. O Fiat Uno possui restrição de roubo e este foi pulverizado com extintor pra dificultar a identificação das digitais pela Perícia.

No interior do carro haviam notebook e documentos pessoais, possivelmente pertencentes à vítima e proprietária do Fiat Uno.

Segundo informações do comandante da 2ª Companhia de Polícia Militar de Valença, Capitão Santos, materiais que podem auxiliar na identificação do bando foram apreendidos. A suspeita preliminar é que os assaltantes sejam oriundos da Capital devido à rota de fuga utilizada e o modo operante do crime, semelhante ao ocorrido no assalto anterior à agência.

“Estamos trabalhando nas duas vertentes – operação e inteligência. Reunimos as Forças de Segurança do Estado e não tenho dúvidas que vamos conseguir identificar o bando, já que aprendemos materiais que podem identificar as digitais dos assaltantes. Trabalhamos com a hipótese que este assalto tenha relação com o penúltimo, já que o modo operante e a rota de fuga foi a mesma utilizada. Neste assalto o bando foi identificado como sendo de Teresina e acreditamos que neste último estejam pessoas da Capital envolvida”, afirmou o Capitão Santos.

Capitão Santos relatou que os criminosos estavam fortemente armados com fuzil e dinamites, armamento restrito às forças policiais.

“O bando estava fortemente armado. Interditaram as duas vias de acesso à Inhuma e colocaram miguelitos  na rodovia. Veículos que se deslocavam a Teresina tiveram os pneus furados. A nossa primeira viatura que chegou ao local teve que retirar o material da pista e isto atrasou a equipe”, informou o Capitão.

Esta é a terceira vez que a agência bancária é alvo de assalto. No momento da redação desta matéria o local encontra-se interditado para realização do trabalho da perícia.

 

fonte;folhaatual

Responder