Foto: Reprodução

Policiais Civis e Militares já receberam cerca de R$474 mil como forma de bônus por armas de fogo apreendidas sem registro ou sem autorização legal de fevereiro de 2016 a junho de 2017. Em Teresina, um único batalhão apreendeu 66 armas no período de janeiro a maio deste ano.

O comandante do Batalhão de Policiamento Rondas Ostensivas de Natureza Especial (RONE), major New Marcos, destacou que muitas destas armas estavam em poder dos assaltantes ou com pessoas em pontos de venda de drogas.

“Essas armas foram apreendidas nas ruas, pela atividade diuturnas de nossos policiais e retirada das ruas esse quantitativo (66). Esse quantitativo foi que eu quero dizer, é que foi retirado por nossos policiais de apenas um batalhão, então tenho plena certeza de que quando juntar a Polícia Militar do Piauí você vai ter um número bem mais elevado”, contou.

De acordo com órgãos de Segurança Pública do Estado do Piauí, a maioria destas armas utilizadas em assaltos, foram encontradas nas mãos de menores. Das 66 armas apreendidas, 42 foram revolveres calibres 38 e 32, outras 10 apreensões foram de pistolas entre elas, Ponto 40, de uso exclusivo da polícia.

O mesmo levantamento indica que no mesmo período 270 pessoas foram encaminhadas para a Central de Flagrantes por prática de assaltos e tráfico. Segundo o comandante do RONE, os adolescentes são a maioria dos envolvidos desses crimes.

“A maioria das armas foram encontradas com menores, do sexo masculino, principalmente que usando esse tipo de arma para prática de assaltos e outros tipos de situações que a gente ver no mundo do crime”, falou.

Fonte: G1 PIAUÍ

Responder