Praticamente toda a oposição dos municípios de Valença e Inhuma declarou apoio à candidatura de Luciano Nunes ao Governo do Estado neste final de semana. Em visita a vários municípios da chamada Confederação Valenciana no último sábado (18), o candidato a governador do PSDB recebeu adesões por onde passou.

Em Valença, ele recebeu apoio dos vereadores Rubens Alencar, Nonatinho e Iris, Carlos José e do ex-prefeito Alcântara. Já em Inhuma, Luciano Nunes fechou parceria com o ex-candidato a prefeito Doutor Elbert, com o ex-prefeito Alilo Leal, com todos os vereadores da oposição e também com o ex-vice-prefeito Manoelzinho da Emater.

O prefeito de Ipiranga, José Maria, do Progressistas, apoia Luciano

Na cidade de Ipiranga, o atual prefeito, José Maria, do Progressistas, também declarou apoio ao candidato do PSDB ao Governo do Estado. Luciano Nunes também esteve em Guadalupe, onde recebeu a declaração de apoio do Dr. Amadeu, do PT, que foi candidato a prefeito da cidade nas últimas eleições.

Em Várzea Grande, Luciano Nunes foi recepcionado pelo ex-prefeito Genésio Pereira Junior e recebeu adesões dos vereadores Joãozinho Sousa, do PSD; Julio Figueiredo, do Progressistas e Dé Vasconcelos do MDB, além do ex-vereador Chico Biluca e da ex-vice-prefeita, Euridece Galvão, do PSB.

“Por onde passamos, as lideranças políticas que fazem oposição ao Governo do Estado e a própria população, que já anda fatigada com a paralisia que o atual governo impôs ao Piauí, vem manifestando apoio à nossa candidatura e enfatizando o desejo de mudança. Esse crescimento da nossa campanha mostra que estamos em sintonia com a vontade das pessoas de mudar a maneira de se fazer a gestão pública no Piauí. E é isso o que a gente busca”, declarou o candidato Luciano Nunes.

Nesta segunda-feira a agenda do candidato começa cedo em Teresina, às 7h, em uma visita ao Mercado do Mafuá, zona Norte da capital. Luciano Nunes também estará em Parnaíba amanhã, onde participa de comício junto com a sua candidata a vice, Cassandra.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Fonte: Ascom

Responder