Foi identificada a primeira vítima do incêndio de grandes proporções que atingiu um prédio residencial de 24 andares e 120 apartamentos no subúrbio de Londres, na última quarta-feira (14).A vítima é Mohamed Alhajali, um refugiado sírio de 23 anos que morava no décimo quarto andar do edifício e estudava engenharia civil na universidade de West London. Seu irmão mais velho, que estava com ele no momento da tragédia, sobreviveu e se recupera num hospital de Londres .

“Seu sonho era poder voltar algum dia ao seu país para reconstruir a Síria”, informou uma associação de ajuda à Síria em um comunicado. “Mohamed fez uma viagem perigosa para fugir da guerra e da morte da Síria, antes de encontrá-la aqui, no Reino Unido, em sua própria casa. Mohamed veio a este país por sua segurança e o Reino Unido fracassou na hora de protegê-lo”, acrescentou.

Por Patricia Cassemiro

Responder