Por Manoel José

Em manifestação realizada hoje pela manhã, coordenadores da ADCESP e diretores Diretório Central dos Estudantes da UESPI – DCE UESPI Livre, cobraram melhorias para a Universidade, valorização dos docentes e assistência estudantil. A manifestação aconteceu na frente do Palácio de Karnak, sede do poder executivo estadual. Em seguida, os manifestantes saíram pelas ruas do centro da cidade.

Além dos estudantes, servidores da saúde também participaram. Os docentes da UESPI já acumulam quase 5 anos sem reajuste Salarial e as perdas inflacionárias ultrapassam a margem dos 33%. Nesse mesmo período, o salário mínimo e o piso nacional do magistério tiveram incrementos de quase 30%. Outras categorias estaduais também receberam reajuste, mas os docentes da única instituição de ensino superior custeada pelo Estado ainda convivem com o descaso do governo de Wellington Dias (PT).

Atualmente quase 150 docentes estão com processo de implantação de Progressão, Promoção e Mudança de regime de trabalho atrasadas, parte deles, com atrasos desde julho de 2017.

“O objetivo é pressionar para que o Governador receba uma comissão de professores e estudantes para debater sobre os graves problemas enfrentados pela UESPI. Vieram professores e estudantes também do interior, onde a situação é ainda mais complicada que na capital”, afirmou a coordenadora geral da ADCESP, Rosângela Assunção.

fonte;Parlamento Piaui

Responder