Atualmente, o Piauí possui 98 zonas eleitorais. Porém, nas eleições do próximo ano, por determinação Tribunal Superior Eleitoral (TSE), poderá perder mais de 20 zonas eleitorais. Nas capitais e cidades com mais de 200 mil eleitores, somente as zonas eleitorais com no mínimo 70 mil eleitores podem existir. No Nordeste, não poderá mais ter cartório com menos de 17 mil pessoas aptas a votar nas eleições. Essa redução no número de zonas eleitorais irá provocar muitos problemas para a Justiça Eleitoral. E o eleitor é quem vai sofrer mais. Ele poderá se deslocar muitos quilômetros para ser atendido pela Justiça Eleitoral. O eleitor tem sofrido com as ações dos candidatos e agora corre o risco de ser prejudicado pela Justiça Eleitoral. Já dá para imaginar como será, no Piauí, a relação cidadão e cartórios eleitorais brevemente.

Responder