figura de Navalny, no auge de sua popularidade , é uma ameaça para elite Russa, mas agora conseguiram que ele ficasse fora das próximas eleições.
O maior opositor atual da Rússia ficará fora da corrida eleitoral com Vladimir Putin , nas urnas no ano que vem. Alexei Navalny, “agora” não tem direito de se candidatar  ao cargo de presidente da Rússia no próximo ano. Ele foi condenado por desviar fundos e teve seus direitos politicos cassados por 5 anos. A decisão foi tomada nesta sexta feira pela Comissão eleitoral. Com isso o atual presidente respira aliviado e afasta seus riscos de perder o poder.

por Patricia Cassemiro

 

Responder