A Secretaria de Saúde de Picos, por meio do Núcleo de Apoio à Saúde da Família (NASF 1F), realizou, na tarde desta terça-feira (2), uma roda de conversa voltada para a prevenção do suicídio, na comunidade Tabatinga, zona rural de Picos. A ação foi motivada por casos e tentativas registradas na localidade.

“A gente percebeu uma demanda em relação à prevenção do suicídio, a partir de casos locais. Pessoas que tentaram ou que realizaram o ato. Então, viemos falar e orientar para prevenir, ver formas de diminuir esses números”, explica a psicóloga do NASF 1F, Vanessa Moura.

A reunião começou com a intervenção de uma psicóloga convidada, Karen Maria, que motivou os participantes a se abraçarem e se disponibilizarem a conhecer os problemas uns dos outros, diariamente. “É importante demonstrar que você se importa com o outro. Falar ajuda”, ressaltou a profissional.

Ao final do encontro, a nutricionista Samia Martins falou sobre alimentos que ajudam a manter a saúde e a prevenir doenças mentais

Participativa, a comunidade considerou importante a ação. “Foi muito proveitosa, tirei muitas dúvidas sobre como agir com pessoas que ficam muito isoladas e não querem ajuda”, considerou a agricultora Maria Raimunda de Sousa.

No povoado Tabatinga, a equipe do NASF 1F, formada por psicóloga, fisioterapeuta, fonoaudióloga, assistente social e nutricionista, está às terças-feiras no posto de saúde da comunidade. Os atendimentos se dão conforme encaminhamentos da equipe de Estratégia de Saúde da Família.

Mais ações de prevenção ao suicídio

Esse foi o primeiro evento de prevenção ao suicídio realizado pelo NASF 1F. A proposta é estimular rodas de conversa em bairros da zona urbana, como Passagem das Pedras e Paroquial, assim como povoados da zona rural, como Tabuleiro, Saquinho e Torrões.

Fonte: ASCOM/ Secretaria de Saúde de Picos

Responder