Antônio Sebastião de Sá (Foto: Reprodução)

Mais uma chacina foi registrada na região de Picos. Desta vez o crime aconteceu no povoado São João, zona rural de Alagoinha do Piauí, na noite desta quarta-feria, 02 de agosto.

As vítimas foram identificadas como Antônio Sebastião de Sá, conhecido por todos como Antônio Virgílio; Terezinha Francisca de Sá, mãe de Virgílio; e a empregada doméstica Francisca Maria da Conceição, de 54 anos, residente em Picos.

Informações apontam que dois homens se dirigiram até a residência onde as vítimas estavam e realizaram as execuções. Após o crime, fugiram do local sem deixar pistas.

Antônio Virgílio era um dos acusados de participação no planejamento, sequestro e morte do ex-vereador de São Julião, Emídio Reis, crime ocorrido em janeiro de 2013. A investigação apontou na época que ele teria pedido carona a vítima e no percurso teria rendido o político com apoio de comparsas e levado o ex-vereador para execução.

Familiares de Francisca Maria relataram que a empregada há dias vinha recebendo o convite de Virgílio para fazer uma faxina na residência, mas que havia sido alertada que o mesmo teria envolvimento com o crime de execução. O irmão de Francisca afirmou que a mesma teria ido fazer a faxina na tarde desta quinta-feira, 02, e retornaria hoje para casa.

Os corpos das vítimas foram encaminhados ao necrotério do Hospital Regional Justino Luz, em Picos, onde serão periciados e liberados para o sepultamento.

Dinâmica do crime

Segundo o delegado, Aureliano Barcelo, que conduz as investigações os corpos foram encontrados por vizinhos que chamaram a polícia.

“A mãe foi encontrada no quarto com dois tiros. A cuidadora na cozinha com dois tiros e o Virgílio na saída do quarto com cerca de cinco tiros. A arma era uma pistola 380. Acreditamos ainda que uma terceira pessoa deu suporte a dupla”, explicou o delegado.

Ainda segundo Aureliano, os autores do crime chegaram a residência a pé e podem ter deixado um veículo escondido em algum lugar.

Fonte: Picos40graus

Responder