A Defesa Civil do Estado do Piauí divulgou comunicado de alerta no início da tarde desta segunda-feira (9 de abril de 2018) para a retirada de mais famílias ribeirinhas e, desta vez, são nos municípios de Barras, Esperantina, Batalha e Cabeceiras. Os prefeitos das cidades já foram comunicados.

Com a vazão das águas na Barragem do Bezerro, em José de Freitas-PI, para evitar o rompimento, aumentou o volume no Rio Marataoan e existe a ameaça de invadir residências.

“O Rio Marataoan recebeu um volume de água e vai afetar as famílias ribeirinhas nos quatros municípios por isso estamos orientando a retirada dos moradores, devido o risco de alagamentos”, disse Vitorino Tavares, diretor da Defesa Civil no Piauí. Segundo ele, mais de 70 famílias já foram retiradas em José de Freitas de ontem para hoje.

Barragem do Bezerro, em José de Freitas-PI

“Algumas pessoas estão relutando em sair das casas, mas o Exército e o Corpo de Bombeiros estão conversando com as famílias”.

Barragem do Bezerro onde equipes da Defesa Civil continuam trabalhando para evitar o seu rompimento.

A Barragem do Bezerro foi criada para amenizar a forte estiagem de 1992 e tem capacidade de 10 milhões de metros cúbicos de águas. Com a atuação da força-tarefa, o nível da água reduziu em 8 cm em 2 horas na manhã de hoje. “Até o final do dia a nossa expectativa é reduzir em 20 cm o volume das águas”, disse Vitorino.

Barragem do Bezerro, em José de Freitas-PI.

O tempo fechou na cidade de José de Freitas-PI, por volta das 16h55min desta segunda-feira (9 de abril) e começou a chover. As equipes que trabalham na Barragem do Bezerro temem que com a continuação das chuvas o rompimento da barragem possa ser consumado mais rápido.

 

 

fonte: saraivareporter.com

Responder