A eleição para a presidência da Assembleia Legislativa do Piauí vai promover uma reunião, neste final de semana, entre o senador Ciro Nogueira (PP) e o governador Wellington Dias. Ciro vai apresentar o nome do deputado Hélio Isaías (PP) como o candidato do Progressistas. O senador do PP quer o apoio, e a participação, de Wellington Dias na eleição da Assembleia. PP e PT unidos. Essa união, com visão no comando do legislativo estadual, foi firmado antes das eleições de outubro deste ano. Porém, o governador notou que o senador Ciro Nogueira já iniciou o papel de oposição. E não seria muito bom entregar o poder da Assembleia Legislativa para o PP. Ou melhor, para Ciro. Hélio Isaías é colega de Wellington Dias do tempo da juventude em Teresina. Seria melhor do que o deputado Júlio Arcoverde (PP). Mas, o PP com o comando da Assembleia Legislativa é preocupante para o Wellington Dias. Ter o “consenso”, com o nome do emedebista Themístocles Filho é bem melhor. Ou o novo senador Zé Santana (MDB). Wellington Dias conhece o poder de voto que o atual presidente da Assembleia tem. Na última eleição, o governador e o PT sentiu a munição de Themístocles Filho. O presidente estadual do PT, deputado federal Assis Carvalho, está aliado com Ciro. Mas, dos cinco deputados petistas, há quem não acompanhe a proposta Ciro/Assis. E tem Progressista que, também, não.

 

fonte; Parlamento Piaui

Responder