O presidente estadual do PSB, ex-governador Wilson Martins, afirma que não vai aceitar que a legenda fique aliada, nacionalmente, 11ao PT. E não pretende deixar o partido. Wilson Martins considera que esse realinhamento entre as duas siglas partidárias é um retrocesso.

Responder